Entendendo a estrutura_inner

PDF Imprimir E-mail
Escrito por Além da Idéia   
Sex, 22 de Julho de 2011 09:35

highlights thumb2O Joelho, a maior articulação do corpo, tem uma complexa anatomia e vulnerabilidade. Diversas são as queixas que levam o paciente ou atleta a procurar assistência ortopédica. Entenda um pouco mais sobre estas lesões.

Atualmente as lesões mais comuns são as que envolvem múltiplas estruturas da articulação (lesões complexas). É possível traçar uma evolução na gravidade destas lesões. Começaram por isoladas dos meniscos, passaram a se associar a lesões do ligamento cruzado anterior (ligamento que une a tíbia ao fêmur) e hoje esses traumas se associam aos ligamentos contidos nas laterais do joelho, com envolvimento de estruturas que até pouco tempo nem eram compreendidas.

Hoje os atletas profissionais de futebol apresentam lesões cada vez mais graves - que no passado incapacitavam uma pessoa comum de atividade laborativa normal só pela dificuldade de andar. Atualmente, esses atletas sofrem lesões similares àquelas ocorridas em acidentes automobilísticos e ao final do tratamento eles devem não só andar corretamente, como voltar à profissão.

A pergunta é: por que essa mudança nos graus de lesão ao longo da história? A resposta é simples - hoje vivemos um futebol-força em oposição ao futebol-arte do passado. Passado este onde o jogador conseguia "dominar a bola" e realizar jogadas pensadas, o que hoje é muito mais difícil tal a velocidade e exigência do esporte. Para acompanhar esta evolução os clubes se preocupam em deixar os jogadores mais fortes, o que gera traumas e lesões de alta energia que vão desde lesões ligamentares múltiplas no joelho até fraturas e deslocamentos da articulação.

A necessidade de maior força física implica em mais treinamento, maior esforço para as articulações, deixando as mesmas mais fragilizadas às lesões. É fato comprovado também que o número de movimentos realizados por cada atleta durante uma partida de futebol hoje é maior - aceleração, desaceleração, giros e mudanças de direção, são realizados com pelo menos 30% mais freqüência do que no passado (basta assistir vídeos de jogos antigos e atuais).

Em face a estas mudanças, a cirurgia do joelho teve que evoluir buscando procedimentos que permitam devolver o melhor possível a anatomia e biomecânica. É importante enfatizar que a maioria das estruturas anatômicas do joelho não podem ser tratadas com uma simples "sutura". Com freqüência existe indicação de serem substituídas por outros segmentos como tendões retirados do próprio joelho ou em casos extremos transplantados a partir de bancos de tecidos

O Instituto do Joelho do HCor – Hospital do Coração, em São Paulo, é referência no tratamento de lesões de joelho e conta com uma equipe multidisciplinar altamente diferenciada para tratamento das lesões. Além disso, o intercâmbio de conhecimento com profissionais de todas as áreas (fisioterapia, fisiologia, etc) é determinante para a excelência da qualidade no atendimento.

Com o objetivo de aperfeiçoar e atualizar técnicas cirúrgicas e de reabilitação (fisioterapia), o Instituto do Joelho do Hospital do Coração, inaugurado em agosto de 2009, propõe um atendimento de alto nível à esportistas de todos as modalidades, bem como de doenças da cartilagem articular (artrose). Por meio de consultas e avaliações realizadas por uma equipe multiprofissional, o Instituto do Joelho define o melhor tratamento com resultado final no mais curto espaço de tempo.

Aliado aos mais altos padrões de tecnologia para o tratamento das lesões do joelho, o Instituto disponibiliza de máquina de isocinético para avaliação computadorizada da musculatura ao redor do joelho, Balance System, que tem a finalidade de mensuração e treinamento da agilidade da articulação. Além disso, o Instituto conta também com o SportsMetric™, que tem como objetivo a prevenção de lesões bem como a avaliação de retorno ao esporte.

Diante de um público tão especializado é preciso viver em constante evolução, para poder oferecer procedimentos cada vez mais avançados no tratamento de lesões e uma estrutura que permita uma rápida recuperação do paciente. Toda essa experiência está disponível no Instituto do Joelho do HCor, tanto para o atleta profissional quanto para o amador, que tem a sua disposição as mais variadas técnicas e a mesma excelência no tratamento de sua lesão que é oferecida para o esportista de alto nível.

Última atualização em Ter, 04 de Fevereiro de 2014 11:44